Menina de 4 anos é atacada por cadela pit bull e vai para hospital

De acordo com a mãe, a criança foi arrastada por mais de 20 metros.


Menina de quatro anos é atacada por cadela pit bull

Uma menina de quatro anos foi atacada por uma cadela da raça pit bull na manhã desta quarta-feira (17) em Porto Velho. A menina estava sentada na porta de casa quando a cadela Madona se aproximou. "Como Nataly não gosta de cachorros, brigou com a cadela para que ela saísse, foi nesse momento que ela a atacou", conta Leonice Maria Lima, mãe de Nataly Regina. De acordo com a mãe, Nataly foi arrastada por mais de 20 metros. Com ferimentos na cabeça e olhos, a criança permanece internada em observação no Hospital Infantil Cosme e Damião, na capital.

Leonice estava no interior da casa quando escutou os gritos da filha, ao sair para socorrer, encontrou a criança a mais de 20 metros de distância da porta onde estava. ?A cadela estava em cima dela, com a boca na região do rosto?.

A criança foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Sul e encaminhada ao hospital infantil. O animal foi preso no quintal do dono, um vizinho que estava dormindo na hora do ocorrido, pelos tios da menina.

A mãe da criança afirma que a cadela costumava conviver com a família e vizinhos e nunca tinha tido problema. ?Ela sempre vem pra comer, é mansa?, diz. A casa onde a família mora só possui cerca na parte da frente, na lateral, por onde o animal entrou, é aberto.

Um boletim de ocorrência foi registrado pela polícia, mas Leonice diz que não tem intenção de apresentar queixa contra o dono da pit bull. ?Caso eu tenha despesas com medicamentos, gostaria apenas que ele ajudasse, pois não tenho condições [financeiras]?, afirma.

Até o final da manhã de quarta-feira (17), a criança permanecia internada em observação. De acordo com assessoria executiva do hospital, o estado de saúde de Nataly é estável. A menina vai ser avaliada por um oftalmologista.

Fonte: G1