Menina está na UTI após cair de um brinquedo em parque de São Paulo

Criança de três anos foi arremessada após trava soltar, diz mãe. Equipamento foi interditado pela prefeitura até o resultado da perícia.

Uma menina de três anos de idade sofreu traumatismo craniano e está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) depois de cair de um brinquedo de um parque de diversões instalado em São José dos Campos. A prefeitura decidiu interditar o brinquedo, denominado "Centopeia", após o acidente que ocorreu na noite de sábado (7).

A mãe da menina, Daiane Serpa da Silva, de 22 anos, que acompanhou a filha no brinquedo, afirmou que a criança foi arremessada após a trava de segurança da cabine onde elas estavam sentadas se soltar enquanto estava na parte alta do trajeto. O brinquedo funciona como uma pequena montanha russa e opera em baixa velocidade. Todas as cabines têm uma trava de segurança e, segundo um aviso de segurança do parque, crianças com menos de um metro devem ser acompanhados de um adulto.

?O brinquedo começou a movimentar, mas quando chegou em cima foi muito rápido e arremessou ela. Não tinha cinto, só uma trava. A trava abriu e ela foi arremessada e caiu de cabeça entre as ferragens primeiro e depois no gramado?, disse.

Ela disse que a mudança brusca de velocidade pode ter feito com que a trava do brinquedo se abrisse. ?Não tinha restrições para minha filha. Perguntamos e nos disseram que ela poderia brincar. O funcionário passou travando e já ligou o brinquedo. Acho que foi muito rápido, tanto é que depois, quando os bombeiros foram lá, o brinquedo funcionou lentamente?, explicou.

Os bombeiros foram acionados, mas o pai da criança decidiu levar a filha, que já estava desacordada, ao Pronto Socorro da Vila Industrial. A menina permanece internada na UTI e o estado de saúde é estável, de acordo com a Secretaria de Saúde. Segundo a unidade, ela sofreu traumatismo craniano e não tem previsão de alta.

O Corpo de Bombeiros informou que foi até o local, mas não é o responsável por vistoriar os brinquedos e autorizar o funcionamento. O parque de diversões está funcionando na zona leste de São José dos Campos desde o último dia 30 de agosto e, após o acidente, uma equipe da Secretaria de Defesa do Cidadão foi até o local e interditou o brinquedo. As demais atrações continuam liberadas.

"Todos documentos do parque estavam em dia. Não tivemos problemas com documentação, inclusive com a vistoria dos Bombeiros que atestou que o parque poderia estar em funcionamento. Fizemos uma interdição preventiva do brinquedo para uma análise e como o local estava com toda documentação correta, vamos aguardar um laudo específico do brinquedo para avaliar os possíveis procedimentos por parte da prefeitura", explicou o secretário da Defesa do Cidadão, José Luis Nunes.


Menina está na UTI após cair de brinquedo em parque de São Paulo

Menina está na UTI após cair de brinquedo em parque de São Paulo

Outro lado

Por telefone, um dos diretores do parque de diversões, Célio Borges, descartou uma possível falha de segurança, mas informou que a empresa ainda aguarda o resultado da perícia. "O brinquedo tem três ou quatro metros de altura e a criança caiu lateralmente. Tudo leva a crer que a mãe tirou a criança da posição durante o trajeto e acidentalmente ela caiu. Não há a possibilidade do acidente ter sido causado por uma mudança brusca de velocidade, não há nada que desabone o equipamento, a operação do brinquedo, mas vamos aguardar a perícia", afirmou.

O diretor do parque disse ainda que a empresa está à disposição das autoridades e da família. "Também estamos muito chateados com isso e nossa preocupação é com a criança. Nos colocamos à disposição e deixamos todos os recursos possíveis e imagináveis a eles. O que for preciso fazer, estamos em plena ordem", disse Borges.

Fonte: G1