Menino do balão insinua que história foi farsa do pai

Richard Heene se defendeu das acusações de que ele teria inventado a "odisseia" do filho

O pai de Falcon Heene, o americano de seis anos que o mundo acreditou que havia subido acidentalmente em um balão experimental na quinta-feira (15), tentou se desviar nesta sexta (16) de uma nova polêmica, após o filho dar a entender que a aventura teria sido armada.

- Não tenho nada para vender. Não estou fazendo publicidade nenhum dinheiro.

Em entrevista ao canal ABC, Richard Heene se defendeu das acusações de que ele teria inventado a "odisseia" do filho que, na quinta-feira, manteve os Estados Unidos em suspense por várias horas.

O garoto foi encontrado na garagem da casa, quatro horas depois do irmão ter informado à polícia que ele teria decolado por acidente em um balão experimental fabricado pelo pai.

Ironicamente foi o menino que sem querer desatou a polêmica. Na noite de quinta-feira, no programa Larry King Live do canal CNN, ao ser questionado pelo pai sobre o porquê ele não havia saído mais cedo do esconderijo o menino respondeu:

- Você disse que nós fizemos isto pelo show.

Ao ser perguntado sobre a frase do filho, o pai respondeu achar repugnante a insinuação de que a quase tragédia foi uma farsa.

Fonte: R7, www.r7.com