Metade dos municípios do PI pode ficar sem delegados

A situação se agrava no interior do Estado, já a grande carência quanto a estrutura e número de policiais é notória.

Delegados do Estado do Piauí não poderão mais acumular funções, dessa forma não será possível exercerem sua função de delegado em mais de um município piauiense. Esta é uma decisão do juiz Aderson Antônio Brito Nogueira, da 1ª Vara da fazenda Pública do Piauí, tendo liminar impetrada pelo Sindicato do Delegados de Polícia Civil.

De acordo com Andrea Magalhães, presidente do SINDEPOL (Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Piauí), há o total 150 delegados em todo território piauiense. Com essa medida, mais da metade dos municípios do Piauí ficarão sem delegados.

A situação se agrava no interior do Estado, já a grande carência quanto a estrutura e número de policiais é notória. Esse desprovimento de profissionais é um dos principais fatores que atrapalham a ação da polícia. Há muita demanda de serviço, mas não há delegados suficientes.

Leia mais na edição do jornal Meio Norte desta quarta-feira (30).

Fonte: Nadja Uchôa