Meteorologia prevê chuva no Piauí

Os meteorologistas alertam que as condições oceânicas sobre o Atlântico Sul

Os modelos de previsão oceânica continuam indicando o enfraquecimento do El Niño e a permanência das temperaturas acima do normal no Oceano Atlântico Tropical. Devido a esta configuração térmica dos Oceanos, as chuvas sobre o setor Leste do Nordeste deverão ficar de normal a acima da média, durante o período de maio a julho de 2010.

Os meteorologistas alertam que as condições oceânicas sobre o Atlântico Sul (ventos alísios mais intensos e anomalias de TSM acima da média) são favoráveis a ocorrências de chuvas episódicas intensas para o setor Leste do Nordeste durante o período.

Esta é a previsão de consenso entre Inpe/Cptec/Inmet/Funceme/Núcleos Estaduais de Meteorologia na 5ª reunião de análise e previsão climática para o setor Leste do Nordeste do Brasil - 2010. As informações estão no boletim de análise climática distribuído, nesta quinta-feira (22), pela Gerência de Meteorologia da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

A reunião aconteceu em Maceió nesta semana e contou com a participação de meteorologistas dos centros estaduais de meteorologia da Região Nordeste, do Inpe e do Inmet e ocorreu simultaneamente via internet com meteorologistas do Inmet-Cptec em Cachoeira Paulista (SP), do Inmet em Brasília, assim como usuários em diversos pontos do Brasil.

Ocorreram anomalias negativas em todo o setor norte do Nordeste. No sul, as anomalias foram acima da média. Ressaltamos que os maiores desvios foram observados no estado da Bahia. A redução da precipitação no Norte foi devido à permanência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) ao norte da sua posição média climatológica, induzindo movimento subsidente do ar sobre o Nordeste. Assim como no mês anterior, observaram-se novamente chuvas isoladas e veranicos prolongados durante março.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br