Microporco vira porcão e dá a dona despesa de R$ 545 por mês

Microporco vira porcão e dá a dona despesa de R$ 545 por mês

A britânica gasta, em média, 200 libras por mês (cerca de R$ 545) para alimentar a porquinha

Uma mulher de 43 anos de idade pagou 350 libras (equivalente a R$ 954), por um microporco, espécie que não cresce tanto quanto um porco comum. Mas, apesar de ter ouvido do próprio criador que o animal não cresceria mais que um cachorro da raça springer spaniel, Janey Byrne agora cuida de um porco enorme.

De acordo com informações do jornal The Sun desta quarta-feira (8/2), no período de três anos, a porquinha chamada Meeka cresceu assustadoramente e, atualmente, tem 1 metro e meio de comprimento e 76 centímetros de altura.

A britânica gasta, em média, 200 libras por mês (cerca de R$ 545) para alimentar a porquinha que come, pelo menos, dez sacos de maçãs e cenouras por semana.

Janey diz que demorou para perceber que havia sido enganada. ?Cada vez que meus amigos me visitavam, ficavam surpresos com o tamanho de Meeka. Eles me perguntavam se eu tinha certeza de que tinha comprado um microporco. Mas naquela época, eu ainda acreditava que ela fosse apenas um microporco com problemas de peso?. O criador que vendeu a porquinha para Janey se recusou a atender suas ligações.

Mas apesar de tudo, a recepcionista de Lincs, Inglaterra, se recusa a se livrar de seu animal de estimação gigante. ?No começo, o tamanho era um choque para nós. Eu e meu marido, Dave, pensamos que ela iria comer absolutamente tudo o que visse pela frente. Mas eu sabia que seria impossível não amá-la.?

O marido de Janey também passou a gostar da nova companheira. ?Quando Dave chega do trabalho, ele simplesmente adora se aconchegar no sofá com Meeka para assistir televisão. Nós dois gostamos de estar ao lado e de cuidar dela. No começo eu estava desapontada por ela não ser um microporco. Hoje, eu não a trocaria por nada nesse mundo?, completa.

Fonte: O Globo