Mil mototaxistas não renovaram permissão, segundo mostra um levantamento da Strans

Mil mototaxistas não renovaram permissão, segundo mostra um levantamento da Strans

O mototaxista deve apresentar um requerimento solicitando a renovação da permissão, e devolver a permissão original.

Um levantamento feito pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) mostrou que, até o começo da semana, apenas 847 mototaxistas, de um total de 2.027, haviam renovado suas permissões. A Superintendência iniciou o período de renovações em 1º de junho, e o prazo segue até o dia 31 de julho. Até lá, mais de mil mototaxistas precisam comparecer ao órgão com a documentação necessária.

O mototaxista deve apresentar um requerimento solicitando a renovação da permissão, e devolver a permissão original, que venceu em 31 de maio. Deverá apresentar também uma certidão negativa de débito para com o município, e cópias do documento da moto e do comprovante de residência. A motocicleta deve ser apresentada em bom estado de conservação, e com os equipamentos de segurança exigidos: protetor frontal (conhecido como mata-cachorro), alça de apoio para o passageiro e rede usada para prender o capacete do passageiro à garupa.

A gerente de licenciamento e concessões da Strans, Conceição Andrade, ressaltou que aqueles que perderem o prazo da renovação poderão ter o alvará cassado. No ano passado, 140 mototaxistas não apresentaram-se no período estipulado para as renovações, e grande parte perdeu a permissão concedida pela Strans.

Fonte: Dowglas Lima