Mineiro quer abraçar 2.500 em 1hora para bater recorde mundial

Mineiro quer abraçar 2.500 em 1hora para bater recorde mundial

Jovem pretende juntar multidão por afeto em Belo Horizonte para entrar para o Guinness

Quantas pessoas você consegue abraçar em uma hora? O empreendedor social Leo Duarte, de 25 anos, quer conseguir 2.500 abraços em 60 minutos para entrar para o Guinness, o Livro dos Recordes. Fã de vídeos que mostram quebras de recorde, ele pensou em uma alternativa para se tornar recordista unindo participação coletiva, transformação social e o uso da cidade.

A sugestão foi dada por uma amiga em uma rede social.

? Precisava encontrar um recorde que fizesse sentido, não bastava equilibrar colheres, quebrar frutas. Quando postei no Facebook, uma amiga escreveu na hora: "aposto que é um recorde de abraço" e vi que isso era possível.

No vídeo de apresentação que criou para o projeto, Leo Duarte explica como o recorde de abraços pode tornar melhor o convívio na cidade.

? Vários belo-horizontinos tem manifestado o desejo de construir uma cidade mais gostosa de se viver. Pra gente, viver bem em BH é viver o amor; e viver o amor, é abraço.

Segundo o Guinness, o atual detentor da melhor marca é o indiano Jayasimha Ravirala abraçou 2.436 pessoas em uma hora em setembro de 2012. Leo Duarte tenta, agora, viabilizar um evento em Belo Horizonte para inscrever a capital mineira no desafio.

Ele criou uma campanha no site Catarse para montar a estrutura do evento em Belo Horizonte, que deve acontecer em novembro. Em 15 dias, já conseguiu R$ 3.400, mas quer chegar a R$ 34 mil para custear seguranças, equipe de filmagem, alimentação, cadastro dos voluntários e o aluguel de banheiro químico e grades.

O jovem acredita que a ideia tem tudo a ver com projetos de mobilização comunitária que desenvolve com crianças carentes.

? Tento mostrar nesse trabalho em comunidades de baixa renda que o impossível é possível de ser realizado, é só você sonhar.

O desafio dos 2.500 abraços em uma hora está lançado. E você, quer também um abraço?

Fonte: r7