Mulher descreve como sua mãe mandou um filho matar o outro

Mulher descreve como sua mãe mandou um filho matar o outro

Crime aconteceu na casa de Rose Carneiro, irmã da vítima e do suspeito.

"Ela é uma monstra, mandou ele matar e depois pegou meu irmão pelo braço e saiu andando, como se nada tivesse acontecido". O relato é de Rose Carneiro, irmã do homem que foi assassinado pelo irmão a pedido da mãe.

O crime aconteceu na tarde de domingo (9), em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, e a vítima foi enterrada na tarde da segunda-feira (10), no mesmo município. O autor do crime e a mãe estão foragidos. A vítima foi esfaqueada.

Rose explica que o crime aconteceu dentro da sua casa. "O caso aconteceu dentro da minha casa, eu vi tudo, meu marido tentou afastar os dois, mas não conseguiu. Minhas filhas, de 10 e 4 anos também viram tudo. Foi terrível. Depois meu irmão levou o outro e matou, dentro do quarto. Ela gritava muito: "Mata ele, mata ele", conta.

Rose conta ainda que o crime foi motivado após uma discussão, por que o irmão que morreu bebeu água na garrafa. Após beber a água na garrafa, a mãe não gostou e jogou um prato na vítima, que revidou com um empurrão. Logo depois os dois irmãos se agrediram fisicamente, quando a vítima foi atingida e morreu no local.

Rose Carneiro, disse ainda, que a mãe teve sete filho com homens diferentes. "Éramos sete irmãos, cada um com um pai diferente. Meu irmão que matou veio de Piritiba para morar em Feira, já que minha outra irmã conseguiu arrumar um emprego para ele, mas ele sempre foi agressivo", conta.

Rose conta também que ela e todos os irmãos sempre tiveram problemas com a mãe. "Ela batia na gente sempre, desde que nós éramos pequenos, com facão, garfo, faca, o que tivesse na mão. Ela chegava do trabalho e batia na gente", diz.

Fonte: G1