Monja budista Ani Zamba proporciona reflexão durante evento em THE

O contato direto com o sentimento de cada pessoa presente

Olhares curiosos, ouvidos atentos e mãos relaxadas para ouvir sobre a verdade da insatisfação. Foi assim que o público apreciou a voz doce e serena da monja budista Ani Zamba Chözom.

Mais que proporcionar um momento de reflexão, Ani Zamba também fez o público repensar sobre a vida. A ação faz parte do evento “Ensinamentos Budistas em Teresina” que acontece no Blue Tree Towrs Rio Poty Hotel, e encerra hoje (27).

“Estamos aqui para reduzir nossa confusão”, afirma Bhikkuni Zamba Chözom , Ani Zamba, como é reconhecida. Natural de Londres, aos 21 anos foi em direção a Índia.

Chegando ao país, precisou estudar e praticar com alguns dos grandes mestres de medição, um deles, Dalai Lama. Graças a seu conhecimento e amor pelo budaísmo, Ani Zamba tem o título de Gelongma, que corresponde à ordenação máxima para a monja budista.

Por isso, a escolha não poderia ser outra. A monja instigou o público com questionamentos. “Qual o começo? Qual nosso caminho? Você deve começar por onde está”. Muitos paravam para pensar, outros balançavam a cabeça, mas era certo que Ani Zamba proporcionou perguntas que vão durar muito tempo.

O contato direto com o sentimento de cada pessoa presente, foi um dos diferencias da palestra. Mesmo sendo tão diferentes de cada um, Ani Zamba conectou todos a um só. “Você tem que ir além das suas ideias e se conectar. Por isso, deve confiar nos ensinamentos”, conta.

Ela também levou momentos de descontração. “As pessoas têm uma ideia que somos imbatíveis, superiores, mas também sentimos dor quando caímos, e as vezes coço minha orelha”, ela sorri, deixamos uma leveza nas palavras.

O evento “Ensinamentos Budistas em Teresina”, acontece até hoje de 9h ao 12h e das 15h a 18h, no Blue Tree Towers Rio Poty Hotel, zona leste de Teresina. A investimento é de R$ 30.


Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Liliane pedrosa e Daniely Viana