Moradores esperam calçamento de ruas no bairro Santa Bárbara

Moradores esperam calçamento de ruas no bairro Santa Bárbara

No tempo seco é poeira, quando tem chuva é lama. É assim que os moradores encaram a situação de muitas ruas do Bairro Santa Bárbara, zona Leste de Teresina. 

Enquanto as pessoas reclamam, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano da zona Leste (SDU/Leste) garante que todas as ruas do bairro serão asfaltadas em parceria com o governo do Estado.

Enquanto a solução não vem, resta à população aguentar enquanto pode, na fé. Fé esta que está explícita nos nomes das ruas do bairro, que em sua maioria são de santos. “Já fiz reclamações 5 ou 6 vezes. 

Começaram a calçar umas ruas, mas só um pedacinho. Uma que tinha um alagamento danado, mas nada foi concluído”, reclama a comerciante Celene Andrade. 

A situação da rua do comércio de dona Celene é tão complicada que ela própria tira do bolso areia e outros materiais que evitam o alagamento no período chuvoso: “Nessa rua mesmo [Rua Nossa Senhora das Graças] já coloquei umas cinco carradas de areia”, afirma.

Mais adiante, em frente à Unidade Escolar Marcílio Rangel, a moradora Alzira Gomes reclama da poeira da Rua São Miguel. Ela diz que a poeira levantada no tempo seco e no processo de raspagem das ruas traz problemas respiratórios para toda a família: 

“Sou acostumada a ir nos postos de saúde com febre, e meus meninos também já fizeram tratamento”, relata. Quanto à mobilidade, dona Alzira ressaltou o problema: “Estamos aqui há 13 anos e nunca tomaram nenhuma providência, não vemos melhora alguma. Todas as ruas estão ruins, tem umas que nem jumento passa”, diz a moradora.

No que diz respeito às ruas que balizam a Unidade Escolar Marcílio Rangel, a diretora adjunta Janaína Moura garantiu que a má pavimentação das ruas não impede que os alunos estejam dentro de sala de aula. 

“A rua que eu tenho acesso e que os ônibus passam não tem uma situação tão desesperadora, mas essas vielas [por trás da escola] estão em situação bem mais complicada. 

Mas essa situação não é só do entorno da escola, é geral. Se a gente fosse falar disso, teríamos que falar de todo o Bairro Santa Bárbara, que está um caos.

Eu digo porque já tive que levar criança [da escola] pra casa no meu carro até a casa delas e o acesso é difícil. Mas em relação a um ano atrás, está bem melhor”.

Mas para Janaína, o maior problema que tinha ao redor da escola era um matagal, que cercava os muros da instituição: “O mato ao redor da escola era o maior problema.

Se você tivesse vindo aqui há duas semanas atrás teria visto a situação. O matagal era da altura do muro, mas a SDU veio aqui e fez a limpeza”, relata a diretora.

Ruas serão asfaltadas através de convênio 

As raspagens que tanto incomodam a dona Alzira fazem parte do processo de terraplanagem das ruas. De acordo com Ronney Lustosa, superintendente da SDU Leste, 35 ruas foram raspadas. 

"Nós vamos terminar de fazer a limpeza para asfaltar todas as ruas do Bairro Santa Bárbara, através de um convênio firmado com o Governo do Estado", declara. "Assinamos a declaração de permissão para o Estado e as obras já iniciaram no Mocambinho.

Depois vai para a Santa Bárbara. Enquanto isso, estamos recuperando as ruas com máquinas, realizando a limpeza e fazendo a terraplanagem", diz.
Além do asfalto, Ronney também prometeu a urbanização da principal avenida do Santa Bárbara:

"Nós estamos planejando a urbanização da avenida central, vamos duplicar a rua. O projeto já está na Secretaria de Planejamento", afirma. 

Pavimentação de cinco ruas está garantida pelo orçamento popular 

A reportagem procurou a Associação dos Moradores do Bairro Santa Bárbara, por meio do presidente Raimundo Oliveira de Sousa. De acordo com Raimundo, a pavimentação de muitas das ruas do bairro está prevista ainda para setembro: "Isso está sendo providenciado pelo prefeito Firmino Filho até setembro. Ele garantiu pra gente", diz.

Ainda de acordo com Raimundo, pelo menos cinco ruas deverão ser asfaltadas por meio de emenda parlamentar e pelo orçamento popular: "Por reivindicação da comunidade foram aprovadas as Ruas São Francisco, Santo Inácio, Santa Elizabeth, São Carlos e Santa Irene", enumera.

Fonte: Lucrécio Arrais