Moradores estão há um mês sem Água

Para realizar as atividades diárias, a população precisa improvisar com baldes, reservatários e temem ficar sem água para beber

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (09) DO JORNAL MEIO NORTE

Os moradores do Residencial Jacinta Andrade, zona Norte de Teresina, estão sem abastecimento de água há um mês. Para realizar as atividades diárias, a população precisa improvisar com baldes, reservatários e temem ficar sem água para beber com a chegada do período mais seco do ano.

Com as louças amontoadas na cozinha, a casa suja e pilhas de roupas para lavar, os moradores seguem os dias economizando água para beber água e realizar a higiene pessoal. A líder comunitária Anisia Texeira, afirma que mesmo com todas as reclamações nada foi feito. "A população reclama, mas não adianta. Quando ligamos para a Agespisa eles apenas dizem que vão resolver o problema. Hoje amanheceu pior, não caiu nem uma gota durante a noite" conta.

É durante a madrugada que os moradores costumam pegar água nas torneiras dos vizinhos que moram nas áreas mais baixas do Residencial, pois o baixo fluxo não consegue subir nos canos. "Todos as noites vamos com baldes pegar água na casa dos vizinhos e levamos para casa e armazenamos por dias, temos medo que essa água parada favoreça o aparecimento de dengue", revela a moradora Maria Cristiane Costa.

O Jornal Meio Norte tentou entrar em contato com a Agespisa, mas não obteve retorno.

Fonte: Rhauan Macedo