Moradores exigem limpeza em Parque Ambiental

Por lá, os moradores até gostariam de usufruir da área, mas dizem que o parque poderia receber mais atenção.

Quadra de esportes, campo de futebol, área ampla, árvores. Itens que, sem dúvida, compõem um bom local de lazer, mas que dividem espaço com o mato e o descaso.

Esse é o contexto do Parque Ambiental do residencial Francisca Trindade, na região da Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina. Por lá, os moradores até gostariam de usufruir da área, mas dizem que o parque poderia receber mais atenção.

"Precisamos de um espaço assim. Aqui no nosso bairro, há muitas mães com crianças pequenas, que não dispõem de muitas alternativas para dar divertimento aos filhos.

Recentemente abriu um clube aqui perto, mas a maioria não tem condições de pagar.

Ou seja, nos restaria só o nosso parque mesmo. Pena que ele esteja tão mal cuidado e servindo de esconderijo para bandidos", disse a comerciante Maria de Fátima Sousa.

Uma visita rápida ao parque mostra que o mato já tomou vários pontos da área. Há problemas em bancos e a cerca está bastante danificada. Ou seja, abandono total. Na entrada, um sinal claro de que há muito tempo não há a entrada de veículos por lá: o mato cresceu na própria via de entrada ao local.

Na avenida Professor Mariano da Silveira Neto, próxima ao parque, a situação é igualmente preocupante. Há alguns amontoados de lixo e galhos acumulados que, segundo os moradores, já estão lá há pelo menos uma semana.

A avenida citada também é conhecida como Alameda do Sol ou avenida principal do bairro. Em ruas próximas, também é possível identificar problemas de acúmulo de material.

MUTIRÕES - A Prefeitura de Teresina anunciou anteontem que as equipes de limpeza estarão concentradas em um grande mutirão neste final de semana.

Na zona Norte, os trabalhos iniciarão justamente no Parque Ambiental do Residencial Francisca Trindade. Após concluir essa etapa, as equipes seguem para os bairros mais próximos, como o Parque Brasil I, II e III.

Na quinta-feira (10) o superintendente esteve no Francisca Trindade a pedido de lideranças locais e uma das solicitações foi justamente a limpeza, principalmente do Parque Ambiental do residencial.

"Estamos montando nossa programação colocando como prioridade os locais que estão necessitando de uma ação de mais urgente, como também a partir das solicitações dos moradores", lembrou o superintendente João Pádua, acrescentando que durante esse trabalho é realizada a capina, varrição e retirada das vias públicas do bairro.

Essa já é a segunda região na zona Norte a receber um mutirão de limpeza este ano. O primeiro aconteceu no último final de semana na área do Mocambinho.

"Esse tipo de ação é importante porque consegue apresentar um resultado mais rápido e eficiente dentro de um bairro ou região. Vamos continuar com os mutirões", garantiu João Pádua.

Fonte: Dowglas Lima