Moradores ficam 3 dias sem energia na z.Leste da capital

O transformador que atende a rua queimou no sábado e moradores puxaram energia de outra rua para não sofrerem no calor

Problemas na rede elétrica na Ladeira do Uruguai têm causado prejuízos aos moradores da região que sofrem com a ausência de energia. Segundo os moradores, isso se deve a um defeito no transformador da Rua 36, que queimou.

Eles relatam que o problema é antigo e as oscilações de energia são constantes. Tal fato tem obrigado alguns moradores a se arriscarem e fazerem as chamadas ?gambiarras? para conseguir energia elétrica.

Sem energia há mais de três dias, o senhor Francisco das Chagas dos Santos, conta que cansado de esperar pela Eletrobras e ?puxaram? energia elétrica de outra rua para não continuarem sofrendo com o calor. ?Este transformador foi instalado em 1975. A população era pequena. Hoje precisamos de um com potência maior?, explica.

O mototaxista Edvan da Silva informa que teve que ir ao centro ligar do celular da filha, pois não conseguia sequer recarregar o celular. O marceneiro Francisco Lima, comenta que o problema do calor e a perda de alimentos é um dos prejuízos que tem mais afligido a população, além dos aparelhos que são danificados com a oscilação de energia, como ventiladores e geladeiras.

Antônio Pereira dos Santos, dono de um frigorífico na região, informa que há três dias não faz encomenda de carnes, pois não tem onde estocar a mercadoria.

Ele conta que sua última venda foi das carnes que ele havia salgado, pois uma boa parcela havia apodrecido, pois não estavam refrigeradas. ?A carne apodreceu quase toda. Está com três dias que eu não vendo nada?, declara e acrescenta que as lâmpadas estão quase todas queimadas e até estouraram.

O problema teve início na quinta-feira e no sábado uma equipe da Eletrobras foi ao local, no entanto, no domingo à noite a energia tornou a oscilar e os fios e transformador faiscaram.

Ontem, no fim tarde, a equipe da Eletrobras retornou ao local e recolocou as canelas e a energia voltou. A equipe do Jornal Meio Norte contactou a distribuidora de energia, mas não obteve resposta a respeito das causas do problema e da troca do transformador.

De acordo com a população, o transformador não foi trocado e sequer foram colocados espaçadores na rede para evitar que os fios se toquem e causem curtos circuitos.

Segundo Francisco das Chagas, enquanto o transformador não for trocado, o problema vai permanecer. ?Esse transformador não aguenta. Está com 10 meses que coloquei ofício.

Esse negócio é de 480 kva, tinha que ser uma potência maior, esse não segura mais?, explica.

Fonte: Vicente de Paula