Moradores reclamam da poluição da Usina de Asfalto de Teresina

A Usina de Asfalto de Teresina produz cerca de 10 mil toneladas.

Sem licenciamento ambiental e sem filtro de purificação, a Usina de Asfalto de Teresina vem gerando transtornos para a população do bairro Portal da Alegria, zona Sul da capital, e dados ambientais. Situação difícil para quem é obrigado a conviver diariamente com a fumaça, como é o caso da dona Santa, que reside ao lado da Usina. Além de ter que conviver com a fuligem das chamas, ainda tem que enfrentar os problemas de saúde causados pelos resíduos da indústria.

Image title

“Acaba com tudo. A fumaça é um problema seriíssimo, pois o vento traz arrastando tudo para esse rumo. A telebrita, que bota esse pó preto aí, também faz muito mal”, diz a dona de casa.

A situação foi comunicada para a Prefeitura de Teresina. No entanto, nada foi feito até o exato momento. Os moradores clamam por uma solução. “Um advogado veio aqui, fez uma entrevista, mas até agora nada mudou”, acrescenta dona Santa.

De acordo com a Ordem dos Advogados do Brasil Secção Piauí (OAB-PI), a prefeitura não atendeu as solicitações do órgão sobre o funcionamento da usina, bem como junto às Leis ambientais.

“A OAB resolveu representar a prefeitura para que o Ministério Público Estadual instaurasse inquérito civil para apurar a possível ou não infração e dados ambientais. Além disso, apurar questão de crimes ambientais”, disse um dos representantes da OAB.

A Usina de Asfalto de Teresina produz cerca de 10 mil toneladas por mês e garante a pavimentação de ruas e avenidas da cidade a baixo custo e com qualidade, serviço que garante a conclusão das obras de recapeamento asfáltico é a Operação 'Taba Buracos' que acontece de forma continua durante todo o ano.

Image title

Image title




Fonte: Portal MN