Sem investimentos, moradores se sentem esquecidos na Z.Norte

Há um tempo a praça não recebe mais benefícios do órgão público municipal

Esquecidos. Esta foi a palavra pronunciada pela dona de casa Mazé de Oliveira ao descrever a situação da praça do bairro Parque Itararé situada na Rua Jornalista Lívio Lopes. Há um tempo o local não recebe mais benefícios do órgão público municipal e a população vive à mercê da falta de infraestrutura da praça.

Segundo os moradores aos arredores do local, a praça ainda possui precária estrutura para as crianças brincarem, bancos ruins, quadra de esportes danificada e iluminação defeituosa. ?Há meses reivindicamos melhorias para o local, pois queremos um espaço de lazer bem melhor para a comunidade?, destaca a outra moradora próximo ao local, Fabiana Calisto.

A iluminação precária da praça também deixa os moradores revoltados, já que contribui também para a insegurança no local. ?Aqui nós não podemos ficar até tarde sentados nas portas de nossas casas, nem sentados na praça, pois tememos a toda hora a ação dos bandidos?, acrescenta Fabiana.

Para Mazé de Oliveira, a praça que já é bem antiga e nunca recebeu a reforma devida ainda carece de instrumentos de atividades para idosos. Conforme a moradora, o espaço que poderia ser bem utilizado também pelos idosos para práticas esportivas e outras atividades ainda vigora com inúmeras irregularidades.

Para solucionar a situação do local, diversas vezes os moradores interviram, porém não obtiveram nenhum resultado positivo. Em resposta ao problema, a SDU Sudeste esclarece que o local já passa por uma reforma, que ainda está em fase de acabamento e reajustes.

Conforme Josenilde Cardoso, gerente de obras da SDU Sudeste, o trabalho já está sendo realizado no local para melhorar a iluminação, a mureta que separa a quadra de esportes, o alambrado precário e os bancos quebrados.

?Pretendemos fazer todos esses reajustes para entregar um bom local até o próximo mês?, conclui o gerente.

Fonte: Thauana Cavalcante