Morre um aspirante da Marinha que passou mal em treinamento no Rio

A morte foi confirmada em um comunicado oficial emitido pelo comando do 1º Distrito Naval e o corpo será enterrado hoje

O aspirante a oficial da Marinha Jean Caleb Maroto Sousa, 22, morreu no último sábado (24) à noite no hospital Naval Marcílio Dias, no Rio de Janeiro, onde estava internado desde o último dia 8, depois de passar mal durante treinamento na base do Corpo de Fuzileiros Navais, na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.

A morte foi confirmada em um comunicado oficial emitido pelo comando do 1º Distrito Naval e o corpo será enterrado hoje, mas não há informações sobre o local ou horário.

Jean cursava o 3° ano da Escola Naval. No dia da instrução, ele e o também aspirante Vinícius da Silva Cunha, 22, tiveram problemas respiratórios após participarem de um treinamento em que precisavam atravessar um túnel de cerca de 3 metros de comprimento com presença de fumaça. O exercício é feito sem máscara e Souza teria se intoxicado por permanecer muito tempo no túnel, sem conseguir encontrar a saída.

O superior teria determinado, de acordo com o relato de um amigo, que ele voltasse duas vezes até que conseguisse achar a saída por contra própria. Os médicos resolveram interná-los na Unidade de Terapia Intensiva. O colega foi liberado da UT, mas o caso de Souza se mostrou mais grave

A Marinha informou, em nota, que "o exercício em questão é regular e faz parte da prática profissional naval, prevista no programa de ensino da Escola Naval, tendo sido cumprido pelos demais 32 aspirantes a fuzileiros navais sem incidentes".

"Reitera-se que as circunstâncias do fato estão sendo devidamente apuradas por meio de inquérito policial-militar já instaurado", divulgou a corporação. Não há informações sobre o enterro.


Morre aspirante da Marinha que passou mal em treinamento no Rio de Janeiro

Fonte: UOL