Cinegrafista morre vítima de malária

Ele é autor de grandes trabalhos, entre eles um documentário feito sobre a situação da Angola

Um dos maiores cinegrafistas do Piauí, Dogno Içaiano, morreu na manhã desta sexta-feira (05) vítima de malária. Ele estava internado há quatro dias.

Com um grande trabalho no Piauí, o cinegrafista, editor e produtor de vídeos é autor de grandes trabalhos, entre eles um documentário feito sobre a situação da Angola. Ele passou seis meses no país africano colhendo imagens e retratando a vida naquele país.

Içaiano .

De uma família de esportistas, Dogno adorava esporte e viajava em circuitos off roads registrando imagens. Trabalhando na Tv Antares, deixou três filhas e um neto.



Fonte: Socorro Carcará