Morre em S.Paulo o ex-ministro do governo Fernando Henrique Cardoso

Corpo está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Morreu nesta quinta-feira (31) em São Paulo o ex-deputado federal Luiz Carlos Santos, de 80 anos, ex-ministro extraordinário para coordenação de assuntos políticos no governo de Fernando Henrique Cardoso e articulador da emenda pela reeleição.

Ele também foi presidente de Furnas Centrais Elétricas entre 1999 e 2002 e candidato a vice-governador do estado de São Paulo em 1998 na chapa de Paulo Maluf.

O corpo do ex-ministro será velado na Assembleia Legislativa de São Paulo. O sepultamento está marcado para as 11h desta sexta-feira (31) no Cemitério Gethsemani, no Morumbi, na Zona Sul de São Paulo.

Perfil

Nascido em Araxá (MG) em 26 de maio de 1932, Santos era formado em direito pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco e em administração pela Fundação Getúlio Vargas.

Nos governos de Orestes Quércia e Antonio Fleury Filho foi secretário de Negócios Metropolitanos (1988), Habitação e Desenvolvimento Urbano (1988 a 1990), Energia e Saneamento (1993 e 1994).

Santos também foi vereador em São Paulo entre 1963 e 1968 pelo PDC, deputado estadual entre 1979 e 1990 pelo MDB e PMDB, deputado federal de 1991 a 1999 pelo PMDB e de 2003 a 2007 pelo PFL. Ele era filiado ao PSD, fundado pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Repercussão

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), emitiu nota de pesar pela morte de Santos. "É com tristeza que recebemos a notícia do falecimento do ex-deputado e ex-ministro Luiz Carlos Santos. Político e parlamentar atuante, Luiz Carlos dedicou sua vida à causa pública, em defesa dos interesses de São Paulo e do Brasil. Nossos sentimentos e orações à família."


Morre em SP o ex-ministro do governo Fernando Henrique Cardoso

Fonte: G1