Aos 97 anos, morre em Teresina mãe do jornalista do Sistema MN Efrém Ribeiro

Aos 97 anos, morre em Teresina mãe do jornalista do Sistema MN Efrém Ribeiro

O jornalista Efrém Ribeiro agradeceu ao corpo clínico que atendeu sua mãe e aos familiares pelo apoio

O Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte vem através deste espaço lamentar de forma profunda a morte de Isabel Ribeiro, 97 anos, mãe do jornalista Efrém Ribeiro, ocorrido na noite desta quinta-feira, dia 19, no Hospital São Paulo, em Teresina. Isabel Ribeiro estava internada desde o último dia 31 de março após apresentar dificuldade para respiração e alimentação. No último dia 10 de abril o estado de saúde de Isabel Ribeiro se agravou sendo necessária a internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para controle da pressão arterial e entubação para a respiração.

O jornalista Efrém Ribeiro agradeceu ao corpo clínico que atendeu sua mãe e aos familiares pelo apoio no difícil momento que resultou no seu desaparecimento. ?Agradeço do coração os médicos, enfermeiros, psicólogos, auxiliares e atendentes de enfermagem, funcionários, nutricionistas do Hospital São Paulo pelo carinho com minha mãe. Aos meus sobrinhos, primos e cunhado e amigos de minha irmã Rosa Maria por ter dado tanta ajuda em sua travessia?, disse Efrém Ribeiro.

Nesse momento de dor, o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte relembra comovente relato do jornalista Efrém Ribeiro vivido durante a tentativa de cura da sua mãe que resume o sentimento que persistirá nos corações de todos que conheceram e amaram Isabel Ribeiro e que compartilham dos mesmos sentimentos para com seu filho Efrém Ribeiro.

?Quando minha mãe, Isabel Ribeiro, de 97 anos, estava gemendo muito e os medicamentos não conseguiam conter a dor, lá em casa apareceu, durante a madrugada, um beija-flor. A gente mora em uma chácara. O beija-flor entrou quando uma janela foi aberta. Ele foi dentro de casa perto da parede e da geladeira. Pela manhã, ele tinha ido embora?.

Fonte: Ananias Ribeiro