Morre mais uma gestante vítima de nova gripe no Rio

A Secretaria estadual de Saúde confirmou que a grávida tinha o laudo positivo do vírus Influenza A

Uma gestante, de 24 anos, morreu no fim da tarde desta quinta (30), com o vírus da nova gripe. A informação é da médica Maria Fernanda Cardoso, chefe do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

A Secretaria estadual de Saúde confirmou que a grávida tinha o laudo positivo do vírus Influenza A (H1N1). Porém, a Secretaria alegou que não pode divulgar a informação oficialmente porque esse óbito ainda não consta no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan). Segundo o órgão, o Rio já tem cinco mortes provocadas pelo vírus Influenza A (H1N1), entre as vítimas uma outra gestante.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Sinan é alimentado pela notificação e investigação de casos de doenças e agravos que constam da lista nacional de doenças de notificação compulsória.

De acordo com a médica Maria Fernanda Cardoso, a jovem, que estava com pouco mais de seis meses de gestação, sofreu pneumonia e insuficiência respiratória. O bebê foi retirado morto.

Maria Fernanda informou ainda que a gestante era moradora do município de São Gonçalo, na Região Metropolitana. Ela teria procurado, primeiramente, o Hospital Clementino Fraga Filho, na Ilha do Fundão, subúrbio do Rio, no dia 20 de julho. Por falta de vaga no CTI, ela foi transferida para o Rocha Faria no dia 21. A confirmação da nova gripe, segundo a médica, foi dada oito dias depois, na última quarta (29).

?O laudo da confirmação do vírus chegou ontem (quarta). É sempre muito ruim perder um paciente. O marido dela estava lá aguardando para fazer a visita, mas ela morreu antes dele entrar, ele nem pôde vê-la viva?, disse a médica.

Fonte: g1, www.g1.com.br