Morre o cineasta Anselmo Duarte, o único brasileiro vencedor em Cannes

Diretor de 89 anos sofreu terceiro AVC no sábado; enterro será em Salto

Morreu na madrugada deste sábado (7), à 1h30, o diretor e ator paulista de cinema Anselmo Duarte, de 89 anos. Único brasileiro premiado com a Palma de Ouro no Festival de Cannes, um dos mais importantes eventos cinematográficos do mundo, o diretor estava internado no Hospital das Clínicas, em São Paulo, desde o último dia 28, após ter sofrido o terceiro acidente vascular cerebral.

<br><img src="http://static.meionorte.com/uploads/imagens/carmemdea/112009/f1a70bbe90e2b96b1003705830320ae0.jpg" width="220" height="220" /><br>

Ele também lutava contra um câncer na bexiga, diagnosticado em agosto deste ano. Duarte foi um dos mais prestigiados cineastas o país. Com o filme “O pagador de promessas”, de 1962, foi premiado com a Palma de Ouro em Cannes – a única concedida a um filme brasileiro até hoje.

Ele concorreu com outros gênios do cinema, como Vittorio De Sica e Luis Buñuel. Segundo o filho do diretor, o empresário Ricardo Duarte, o corpo do cineasta será levado para a cidade natal do diretor, Salto, no interior paulista, às 8h do próximo domingo (8). Lá, ele receberá uma breve homenagem da prefeitura e deverá ser enterrado às 11h30 no Cemitério Municipal de Salto.

A família ainda negocia com o governo para que o velório e as últimas homenagens ao cineasta aconteçam na tarde deste sábado (7), na Assembléia Legislativa.

Fonte: g1, www.g1.com.br