Morre vigia espancado por assaltante em terminal de ônibus

Corpo deverá ser sepultado nesta segunda-feira (6) .

O vigia Arlindo Zunino, de 63 anos, faleceu no domingo (5) por volta das 10h15 da manhã. A informação é do Hospital Azambuja, onde ele estava internado após ter sido espancado por um assaltante no dia 30 de julho, no Terminal Rodoviário Urbano, no Centro de Brusque (SC). O sepultamento ocorre nesta segunda-feira (6).


Morre vigia espancado por assaltante em terminal de ônibus

De acordo com o médico Eduardo Ballester, que estava responsável pela UTI do Hospital Azambuja, em Brusque, o idoso permaneceu sedado e respirando com ajuda de aparelhos durante o tempo em que esteve internado. Ele teve traumatismo craniano em razão dos golpes que levou na cabeça.

O vigia foi espancando com uma barra de ferro no Terminal Rodoviário Urbano, onde trabalhava como segurança. A agressão foi filmada por câmeras de segurança. O assaltante estava escondido embaixo de uma escada e as câmeras de segurança flagraram o momento em que ele agrediu o vigilante. Mesmo com o homem caído, o agressor bateu diversas vezes na cabeça do vigia com uma barra de ferro. Parou por alguns instantes e, por duas vezes, voltou a bater.

Depois de espancar o vigilante, o assaltante usou a mesma barra de ferro para quebrar o vidro do escritório da empresa de ônibus Nosso Brusque para roubar dinheiro. O valor levado não foi divulgado. Na noite do dia 31 de julho, por meio de uma denúnica anônima, a Polícia Militar prendeu o suspeito da agressão. De acordo com a Polícia Militar, o homem resistiu à prisão mas confessou o crime.

Na casa do suspeito não foi encontrado o malote da empresa Nosso Brusque, mas foi achado um saco cheio de moedas.O homem não tinha passagem pela polícia. Segundo Delegado da Delegacia de Polícia de Brusque, Alex Bonfim Reis, devido à grande repercursão do incidente, a polícia recebeu muitas denúncias anônimas, o que ajudou na identificação do assaltante.

Fonte: G1