Morte de policial com suspeita de gripe afasta pelotão no RS

22 policiais foram dispensados e devem retomar as atividades na quinta-feira

Um pelotão do Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar de Passo Fundo (RS) foi afastado das atividades na segunda-feira (27), depois que um dos policiais foi internado com suspeita de ter contraído a nova gripe. Ele morreu na madrugada desta terça-feira (28).

Segundo o tenente coronel João Darcy Gonçalves da Rosa, 22 policiais foram dispensados e devem retomar as atividades na quinta-feira (30). ?Eles foram afastados por medida preventiva. Se os sintomas não aparecerem, eles voltarão ao trabalho normalmente?, disse Rosa ao G1.

Policial morto

Rosa informou que o policial, de 38 anos, começou a sentir sintomas de gripe na sexta-feira (24) e procurou um médico, que o orientou a voltar para casa e permanecer em repouso. No sábado (25), ele teria se sentido mal e procurou o hospital, onde foi internado.

De acordo com o secretário de Saúde de Passo Fundo, Alberi Grando, o policial ?apresentou toda a sintomatologia da doença, e foi internado com suspeita da nova gripe?. Segundo ele, amostras da vítima foram colhidas para análise laboratorial, que deve ficar pronta em até cinco dias.

Para Grando, o afastamento do pelotão ao qual o policial morto pertencia foi ?a medida mais prudente". "A recomendação é a mesma para qualquer grupo. Se houve um caso suspeito, o grupo todo deve ser monitorado?, afirmou.

O número de mortes em decorrência da nova gripe no país subiu para 55 nesta terça-feira. Desse total, 18 foram registrados no Rio Grande do Sul, quatro no Paraná, 27 em São Paulo, cinco no Rio de Janeiro e uma na Paraíba.

Fonte: g1, www.g1.com.br