Motorista vira hit na web, após mudar rota de ônibus e levar grávida a hospital no Ceará

Motorista vira hit na web, após mudar rota de ônibus e levar grávida a hospital no Ceará

Passageiro postou fotos do trocador e do motorista em uma rede social.

Um motorista de ônibus de Fortaleza decidiu levar ao hospital uma grávida que passou mal dentro do ônibus e ganhou fama na internet quando um passageiro contou a história em uma rede social. Até esta terça-feira (12), o post havia alcançado 27.300 compartilhamentos no Facebook. "Atos de cidadania devem ser compartilhados?, disse Carlos Eduardo, um dos que compartilharam.

Segundo o motorista Valcenir Rocha, os passageiros concordaram em alterar o caminho e desceram no hospital, onde ele ficou esperando até a mulher ser atendida. O fato ocorreu na manhã de sexta-feira (8) no trajeto da linha 913, que liga os bairros Serviluz e Papicu, em Fortaleza.

Rocha, 40 anos, disse ao G1 que a grávida entrou no ônibus por volta das 7h da sexta-feira (8) e a viagem seguia normalmente até a mulher começar a gritar. "O cobrador [Diógenes] veio me avisar que ela estava passando mal. Parei o ônibus e fui ver a situação dela", disse.

"Devido à situação, decidi logo levá-la ao hospital. No mesmo momento, eu comuniquei aos passageiros, que quem quisesse descer, descesse, porque eu ia direto para o hospital", afirmou o motorista. Rocha revelou ainda não ter se procupado com reclamações dos passageiros ou eventuais denúncias a chefia. "Quando a gente tira a habilitação, o que eles mais falam é que a vida é mais importante", disse.

Segundo ele, os passageiros concordaram em mudar de caminho e apenas uma mulher sugeriu que chamassem um táxi. "Uma senhora que deu a ideia de colocar a grávida em um táxi. Não tinha condição, porque ela estava sozinha. Fora essa senhora, ninguém reclamou". O motorista disse ainda que deixou o telefone celular à disposição para ela ligar para os parentes. "Nem para isso ela estava em condições", afirmou.

Rocha esperou que a gestante fosse atendida no Hospital Geral de Fortaleza, mas não sabe o nome dela nem teve notícias sobre ela depois do episódio. "Infelizmente, não tenho notícias. Ela comunicou que estava com seis meses, mas acho que era de três ou quatro meses. A barriga dela estava pequena ainda", afirmou.

Passageiros e internautas

Um dos passageiros do ônibus fotografou o motorista e o cobrador e publicou toda a história no Facebook. Nesta terça-feira (12), quatro dias depois, os compartilhamentos já somavam 27.347. O publicitário Carlos Eduardo Cavalcante foi um dos internautas que compartilharam as imagens e a história. ?Compartilhei porque é algo raro hoje em dia termos pessoas realmente se importando com outras. E o ato deles surpreende ainda mais porque muitos acham motoristas e cobradores trabalhadores mal educados. Acho que atos de cidadania, educação e bom senso devem ser compartilhados?, disse o publicitário ao G1.

Fonte: G1