Motoristas e cobradores vão discutir um reajuste salarial

Os trabalhadores reivindicam um reajuste de 13% e o Setut ofereceu um percentual de 5,8%.

ACOMPANHE A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DE QUARTA-FEIRA (14/05) DO JORNAL MEIO NORTE.

Motoristas e cobradores que atuam nas empresas de transporte público de Teresina se reunirão na próxima sexta-feira (16), em assembleia geral, para discutirem a proposta de reajuste salarial feita pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (SETUT). Os trabalhadores reivindicam um reajuste de 13% e o Setut ofereceu um percentual de 5,8%.

A proposta foi apresentada durante reunião, no Ministério Público do trabalho, na última segunda-feira (12), quando se reuniram representantes dos donos de empresas do transporte coletivo e motoristas e cobradores. ?A proposta ainda está bem abaixo do que nós estamos reivindicando, mas já é um avanço, já que eles já haviam dito que não negociariam?, disse o presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores (SINTETRO), Francisco das Chagas.

O Setut disse, em nota à imprensa, no início desse mês, que não teria como negociar um reajuste antes de concluído o atual processo licitatório, no sistema de transportes públicos. O percentual de 5,8% é de acordo com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Esse reajuste seria estendido tanto ao salário dos trabalhadores quanto aos tickets alimentação recebidos por eles. ?Caso a categoria aceite essa proposta, ficou acordado também que em janeiro nós vamos sentar novamente, para nova negociação?, disse o sindicalista.

Fonte: Pollyana Carvalho