Motoristas ignoram nova sinalização e aumentam risco de acidentes na z. Sul

Motoristas ignoram nova sinalização e aumentam risco de acidentes na z. Sul

A Strans retirou uma rótula e instalou um semáforo para melhorar o fluxo de veículos no cruzamento das Avenidas São Raimundo e Barão de Castelo Branco

O trânsito no cruzamento das Avenidas São Raimundo e Barão de Castelo Branco, no bairro Cristo Rei, na zona Sul de Teresina, ainda oferece perigo para os motoristas que não acostumaram-se com a nova logística da circulação de veículos na região.

Recentemente, um conjunto de sinais de trânsito foi instalado onde originalmente havia uma rotatória. O objetivo, evidentemente, foi melhorar a fluidez e reduzir o risco de colisões, mas a imprudência e a desatenção de muitos motoristas fazem com que o local ainda represente riscos.

Apesar da instalação dos sinais de trânsito nas proximidades do viaduto da Av. Higino Cunha, a sinalização horizontal (que fica pintada no asfalto) ainda não foi readequada às novas condições. O círculo que representa a rotatória ainda está desenhado, o que pode confundir motoristas. Muitos deles tentam fazer conversões que agora são proibidas.

Com isso, os relatos de acidentes no local multiplicam-se. ?Na semana passada passei logo depois de um acidente onde dois carros colidiram, e um deles, inclusive, capotou.

Na terça, quase testemunhei outro acidente: uma caminhonete seguia pela Barão de Castelo Branco, no sentido zona sul, quando iniciou uma curva à esquerda para pegar a Avenida São Raimundo.

Um táxi que vinha logo atrás teve que fazer uma manobra evasiva para não colidir, e chegou a invadir a pista contrária no ato de desviar da caminhonete. Ainda bem que não havia nenhum carro na outra pista?, diz o mototaxista Alex Sousa, que costuma passar pelo local.

No cruzamento, várias placas determinam as manobras que podem ser feitas e as conversões proibidas. Quem está na Avenida São Raimundo, no sentido do centro da cidade, por exemplo, tem três opções: seguir em sentido reto, fazer a conversão à direita ou ainda convergir à esquerda, para pegar a Av. Barão de Castelo Branco no sentido do Estádio Albertão.

A mesma possibilidade de virar à esquerda não existe, por exemplo, para quem segue na Barão em direção ao viaduto (sentido zona Norte). A estes motoristas restam duas possibilidades: seguir adiante ou curvar à direita na Av.São Raimundo.

Quem vem na mencionada avenida no sentido do conjunto João Emílio Falcão pode, de acordo com as placas de trânsito, fazer uma conversão para pegar a Barão no sentido Norte (na direção do viaduto).

Vários retornos foram fechados na região, o que também exige atenção dos motoristas. Não foi possível contatar a Strans (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito) para saber quando a sinalização horizontal no cruzamento será readequada.

Fonte: Dowglas Lima