Mototaxistas são contra uso de mototaxímetro que foi aprovado em projeto de lei

Mototaxistas são contra uso de mototaxímetro que foi aprovado em projeto de lei

A população aprova a instalação desse equipamento afirmando que a categoria muitas vezes explora usuários com preço altíssimos.

Mototaxistas e vereadores discutiram na manhã desta quinta-feira (10), na Câmara dos Vereadores sobre o projeto polêmico aprovado, que estabelece a obrigatoriedade do uso do mototaxímetro.

Essa determinação dos preços das tarifas a serem cobradas por mototaxistas em Teresina foi aprovada de 14 votos a favor e 13 contra.

A população aprova a instalação desse equipamento afirmando que a categoria muitas vezes explora usuários com preço altíssimos.

Os vereadores que votaram a favor do uso de mototaxímetro dizem que a intenção não é prejudicar os mototaxistas e sim padronizar os preços pagos em corridas com mototáxi, assim como já ocorre nos táxis de Teresina.

Já os mototaxistas estão relutantes sobre o projeto de lei criado pelo vereador Tiago Vasconcelos.

?Essa lei beneficia apenas a ele mesmo. Ele é contra a nossa categoria. Com certeza teremos prejuízos. Esse equipamento custa quase mil reais e é muito frágil?, declarou Ricardo Costa, Presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Teresina.

O interesse maior dos mototaxistas é que haja a fiscalização para evitar mototaxistas clandestinos.


Mototaxistas são contra implantação de mototaxímetro aprovado em projeto de lei

Mototaxistas são contra implantação de mototaxímetro aprovado em projeto de lei

Mototaxistas são contra implantação de mototaxímetro aprovado em projeto de lei

Confira a matéria completa:

Fonte: Fabrize Lima