Movimentação deve subir 20% na rodoviária de THE

Movimentação deve subir 20% na rodoviária de THE

Muitas pessoas estarão viajando para o interior do Estado por conta da Eleição para Prefeito e Vereador

Muitas ainda são as pessoas que viajam para votar fora da cidade, esta é uma realidade bem comum em Teresina. Com isso, o terminal rodoviário Petrônio Portela na capital se prepara para atender o aumento da demanda que deve ser de 20% até este sábado.

Ana Kelly da Silva acordou cedinho, às 5 horas da manhã, para exercer seu direito de voto em Castelo do Piauí.

Acompanhada de sua criança, partiu para o terminal rodoviário e enfrentou dificuldades com ônibus lotados. Preferiu esperar o ônibus seguinte, na esperança de ter mais conforto durante a viagem com seu filho.

?Eu fiquei impressionada, porque quando eu cheguei já havia saído três ônibus para minha cidade. Como estou com criança, preferi esperar o próximo. Resolvi viajar na sexta, porque acredito que no sábado vai ser ainda mais complicado?, diz Ana Kelly.

O diretor do Terminal Rodoviário, Edmar Oliveira, conta que até a sexta foram acrescentados 15 ônibus extras. Mas espera-se que neste sábado o número de veículos extras aumente para 40. Segundo o diretor, a procura maior é para as cidades do Sul do Estado.

Para o administrador, as preparações estão sendo feitas no sentido de garantir plataformas de embarque para os ônibus extras, para que não haja congestionamento. ?As plataformas estão sob controle, respeitando os pedidos das empresas. Outra medida é com a limpeza da rodoviária e com os banheiros?, diz.

Um alerta feito por Edmar é que os passageiros tomem cuidado com as pessoas que nas rodoviárias tentam aliciar passageiros para viajar nos veículos clandestinos que saem, em geral, do Balão da Tabuleta. Ele conta que, apesar da fiscalização, é bom ficar de olho.

Para aqueles que vão pegar a estrada de outras formas, é válido ressaltar que a Polícia Rodoviária Federal prepara esquema de fiscalização para estas eleições.

Segundo o inspeto Raimundo Rameiro, será um total de 170 policiais distribuídos entre os 10 postos da PRF, para coibir a ação de candidatos e coligações que, em geral, tentam fretar ônibus ou pagar o transporte de eleitores. Esta é uma prática ilegal e a pessoa que for pega pode pagar pena de quatro a oito anos de reclusão.

Fonte: Sarah Fontenelle