MP abre inquérito para apurar festa de Prefeitura com gogo boy

MP abre inquérito para apurar festa de Prefeitura com gogo boy

Prefeito de Palhoça diz que modelo foi contratado por uma empresa. Apresentação foi em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) abrirá inquérito nesta segunda-feira (11) para analisar a festa promovida pela Prefeitura de Palhoça, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O evento ocorreu em um clube de festas da cidade e reuniu funcionárias da Prefeitura. Durante o final de semana, a divulgação de fotos de um modelo, que se apresentou só de sunga, dançou e divertiu as mulheres, gerou discussão nas redes sociais e motivou a abertura do inquérito pela Vara de Moralidade Pública de Palhoça.

De acordo com a promotora Andréa Machado Speck, o MPSC não recebeu nenhuma denúncia formal sobre o caso, mas que o fato será investigado para avaliar as circunstâncias da realização do evento.

O prefeito interino de Palhoça, Nirdo Artur Luz Pitanta, confirmou a participação do striper na festa. Segundo ele, trata-se de um modelo fotográfico. "Não existe gogo boy. Gogo boy usa cueca branca. Quem se apresentou lá foi um modelo fotográfico. Ele apresentou as fotos que fez em uma revista e dançou. Inclusive, minha filha e minha mulher estavam lá", argumentou. O rapaz é mister Santa Catarina e, recentemente, posou para uma revista de fotos sensuais.


MP abre inquérito para apurar festa de Prefeitura com gogo boy

O prefeito ressaltou ainda que as funcionárias "adoraram a festa". "Elas disseram que foi a melhor festa dos últimos tempos feita pela prefeitura", ressaltou. A festa em comemoração ao Dia Internacional da Mulher custou cerca de R$ 7.500 aos cofres públicos, conforme demonstrativo do empenho utilizado para pagamento. "Este dinheiro foi para pagar o aluguel, bebida, comida e sonorização. Nós não pagamos o modelo fotográfico, foi uma empresa patrocinadora e algumas mulheres que contrataram o rapaz", defendeu o prefeito que disse não ter tido conhecimento da apresentação do modelo fotográfico na festa.

Por telefone, à reportagem da RBS TV, Rodrigo Mendonça, que é Mister Santa Catarina, confirmou a versão do prefeito. Ele disse que foi à festa a convite de um amigo, que iria expor produtos de um sex shop. O modelo afirmou que fez brincadeiras com as mulheres, distribuiu brindes e disse não ter recebido para fazer a apresentação.

Fonte: G1