MP e Magistratura do PI fazem ato regional contra a corrupção

Eles lançaram o manifesto "Todos contra a corrupção"

Na manhã desta terça-feira (04), representantes das associações do Ministério Público da Magistratura estiveram reunidos no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí para chamar a atenção da sociedade da necessidade de garantir as prerrogativas de instituições que atuam na efetivação dos direitos do cidadão e no combate à corrupção, que estão sendo alvos de ataques com o intuito de enfraquecê-las em razão de operações como a Lava-Jato e a Zelotes.

Eles lançaram o manifesto “Todos contra a corrupção”, em que destacam as iniciativas do Congresso Nacional de desvalorizar as carreiras ligadas a essas instituições, o que pode gerar insegurança jurídica e comprometer a independência da Magistratura e do Ministério Público nacionais.

O manifesto se posiciona contra a aprovação de projetos que possam desestabilizar a missão constitucional, que é a defesa da sociedade e do Estado Democrático de Direito.

Eles lançaram o manifesto "Todos contra a corrupção"
Eles lançaram o manifesto "Todos contra a corrupção"

No ato regional, em Teresina, participaram: Leonardo Lucio Freire Trigueiro, Presidente da Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi), Glécio Paulino Setúbal, Presidente da Associação Piauiense do Ministério Público (APMP), Daniel Sobral, Presidente da Associação dos Juízes Federais do Piauí (Ajufepi), Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco, da Associação Nacional dos Procuradores da República do Piauí (ANPR), Maria Elena Moreira Rêgo, da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho do Piauí da 22ª Região PI – Piauí (ANPT) e Liana Ferraz de Carvalho, Presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 22ª Região PI – Piauí (Amatra 22).Amanhã (06), acontecerá, em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, um grande ato nacional em defesa da ordem jurídica brasileira, tendo em vista a tentativa de redução de direitos sociais já conquistados.



Fonte: Portal MN