MP3 ocupa escola abandonada da zona Sul

O local que há dois anos era ocupado por alunos e professores hoje é espaço livre para o uso de drogas, onde os usuários utilizam as salas de aula para passar a noite entorpecidos

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA TERÇA-FEIRA (25) DO JORNAL MEIO NORTE.

O cenário é de destruição: fezes, teto caído e estrutura elétrica danificada. Essa é a situação da Unidade Escolar Professora Áurea Freire, localizada na Avenida Principal do bairro Saci, zona Sul de Teresina. O local que há dois anos era ocupado por alunos e professores hoje é espaço livre para o uso de drogas, onde os usuários utilizam as salas de aula para passar a noite entorpecidos. A população do entorno teme o pior em razão da vizinhança, que costuma realizar assaltos para alimentar o vício.

Em meio a tantos problemas, o MP3 – Movimento pela Paz na Periferia quer ocupar o espaço vazio para transformá-lo em um apêndice da sede do projeto, que fica Avenida Walter Alencar. A ideia é revitalizar o local com atividades profissionalizantes, como cursos de informática, internet e manutenção de computadores. Com o projeto, o grupo busca promover a inclusão social para mais pessoas da comunidade.

Segundo Francisco Júnior, coordenador do MP3, a ideia é ocupar espaços vazios para fazer o trabalho social que o grupo já vem fazendo: “Estamos procurando escolas ou espaços grandes para fazer um trabalho de inclusão social de jovens, principalmente os em situação de risco, que estão envolvidos com gangues e drogas. Vimos que aqui a escola está jogada às traças, por isso vamos chamar a população para nos ajudar, para que possamos limpar aqui e conseguir um comodato junto à SEDUC”, explica. Francisco Júnior avalia a situação da Unidade Escolar Professora Áurea Freire como um “prejuízo”, e compara a situação às penitenciárias lotadas: “Esse espaço do jeito que está é um prejuízo grande. A gente fica dizendo que as penitenciárias não têm mais espaço para os presos porque as autoridades estão abandonando os espaços que deveriam formar pessoas”, diz.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 Repórter: Lucrécio Arrais

Fonte: Lucrécio Arrais