Mulher atingida por arpão de marido não consegue falar, mas passa bem

Segundo os médicos, ela só não pode falar por ter sido atingida na boca

A mulher atingida acidentalmente por um arpão nesta última terça-feira (7) recupera-se bem no Hospital Regional de Araruama, na Região dos Lagos do Rio. De acordo com os médicos, Elisangela Borborema Rosa, de 28 anos, só não consegue falar por ter sido atingida na boca.

Segundo a família de Elisangela, o acidente aconteceu quando o marido manuseava o equipamento de caça submarina na cozinha de casa. A arma entrou pela mandíbula da vítima, e a ponta ficou alojada na coluna cervical.

Moradora de Arraial do Cabo, ela foi socorrida no hospital da cidade mas, logo em seguida, transferida para o Hospital Regional de Araruama. O atendimento foi feito por uma equipe composta por especialistas em cirurgia vascular, plástica, geral e bucomaxilofacial, além de um neurocirurgião.

"Ela está movimentando os dois lados, mas com pouca força no lado direito. Precisamos esperar a suspensão da sedação e retirar a traqueostomia para fazer uma avaliação completa. Se tudo der certo, ela terá alta em uma semana", explicou o neurocirurgião Allan da Costa.


Mulher atingida por arpão de marido não consegue falar, mas passa bem

Mulher atingida por arpão de marido não consegue falar, mas passa bem

Fonte: G1