Mulher é condenada a pagar R$ 8 mil a ex-companheiro após traição

Ela ainda teria feito comentários depreciativos sobre desempenho sexual dele.

Uma mulher foi condenada em Nanuque, na Região do Vale do Mucuri, em Minas Gerais, a pagar uma indenização de R$ 8 mil ao ex-companheiro por tê-lo traído publicamente e ter feito comentários depreciativos sobre o desempenho sexual dele. De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), ainda cabe recurso no processo.

]

A condenação da servente foi publicada no dia 22 deste mês pelo TJMG. Em primeira instância, o valor da indenização era de R$ 5 mil, mas após uma decisão da 10ª Câmara Cível do TJMG, em segunda instância, o valor aumentou e foi fixado em R$ 8 mil.

Segundo o tribunal, no inicio do processo, o homem alegou que conheceu a mulher no emprego e que conviveu com ela por dez anos. Ele afirmou que assumiu a paternidade de dois filhos dela, mas que em 2007, ela passou a traí-lo com um instrutor de uma autoescola. Ainda de acordo com o órgão, o ex-companheiro da servente afirmou que todos sabiam do caso, menos ele.

Ela teria falado sobre a traição para várias pessoas, ridicularizando o companheiro por fazer comentários depreciativos sobre o desempenho sexual. O desembargador entendeu que o autor do processo sofreu danos morais e o expôs em situação humilhante e vexatória.

Fonte: G1