Mulher morta após levar descarga de 8 mil volts é enterrada em MG

A mulher que foi eletrocutada em Muzambinho, na Região Sul de Minas Gerais, foi enterrada nesta segunda-feira (16)


Mulher eletrocutada por 8 mil volts é enterrada em Muzambinho

A mulher que foi eletrocutada em Muzambinho, na Região Sul de Minas Gerais, foi enterrada nesta segunda-feira (16). Ela recebeu uma descarga elétrica de oito mil volts, neste domingo (15). Uma fiação se rompeu em frente à casa da vítima e atingiu, ainda, o marido e as duas filhas do casal.

O homem fazia um conserto dentro de um micro-ônibus quando a explosão aconteceu. A mulher saiu de casa para socorrê-lo e foi a primeira a ser atingida pela descarga elétrica. Ele e as duas filhas tentaram ajudar, mas acabaram sendo atingidos. O marido e uma das filhas foram encaminhados para o hospital, e seguem internados em estado grave. A outra filha queimou as pontas dos dedos.

De acordo com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), responsável pela fiação, o motivo do acidente ainda é desconhecido. Técnicos trabalham para descobrir as causas, mas a empresa informou que só vai se pronunciar após a conclusão do laudo da Polícia Civil. As provas coletadas vão ser encaminhadas para Belo Horizonte. Ainda não há previsão para entrega do laudo pericial.

Segundo o delegado Edmilson dos Santos, responsável pelo caso, testemunhas vão ser ouvidas e outro laudo será solicitado à Cemig para ajudar nas investigações. ?O objetivo da polícia, se tratando da ocorrência de morte violenta e de lesões, é apurar possíveis responsabilidades criminais, se houve dolo ou culpa de alguma pessoa ou instituição?, explicou Santos.

Fonte: G1