Mulher fica com pé sangrando após ser obrigada a trabalhar de salto

A moça foi obrigada a trabalhar um turno inteiro de salto

Uma garçonete ganhou atenção nas redes sociais após uma foto de seu pé, que aparece todo ensaguentado, ter sido publicada por sua amiga Nicola Gavins, que mora em Alberta, no Canadá. Na publicação, Nicola explica que o ferimento aconteceu porque a moça foi obrigada pelo chefe a trabalhar um turno inteiro de salto.

Na imagem, é possível ver sangue na ponta dos dois pés da garçonete, que trabalha no "Joey Restaurants". A canadense ainda diz que o chefe da amiga a "repreendeu" por ter tirado o calçado e avisou que ela deveria usá-lo no dia seguinte.

"Para todo mundo que come no Joey, a política deles ainda obriga as mulheres a usarem salto, a menos que elas tenham restrições médicas. O pé da minha amiga sangrou tanto que chegou ao ponto de ela perder uma das unhas", escreveu Nicola na publicação, realizada na terça-feira (3). "As funcionárias ainda precisam comprar o uniforme/vestido no valor de US$ 30 (cerca de R$ 104) enquanto os funcionários homens podem se vestir com qualquer camisa preta do seu armário. Sexista, requisitos arcaicos e uma política repugnante", completou.

Após a postagem viralizar, com mais de 11 mil compartilhamentos, uma porta-voz do restaurante comentou . "Ficamos chateados de ver que esse post. Nossas diretrizes de sapatos pedem aos funcionários, homens e mulheres, que usem calçados pretos anti-derrapante com uma sola grossa por razões de segurança", disse.


Image title

Fonte: Com informações da UOL