Mulher grita em portaria de prédio, pula grade e fica presa; vídeo

Mulher grita em frente à portaria de prédio, pula grade e fica com a perna presa; vídeo do incidente faz sucesso na internet

Quem lembra do clássico ?Pedro, cadê meu chip?? pode imaginar o sucesso que este novo vídeo está fazendo na internet: só de camisola e visivelmente alterada, uma mulher grita e esperneia em frente à portaria de um prédio durante a madrugada. ?Andrééé, quero pegar minhas coisas!?, diz ela, que teve a ação filmada por um morador do local.

O vídeo de quase 10 minutos começa a ficar tenso, no entanto, quando a morena escala a grade do prédio e ameaça pular: ?É melhor vocês abrirem aqui, ou eu vou me machucar?, anuncia ela, decidida: ?Então tá bom, se eu me machucar a responsabilidade vai ser de vocês?. A jovem, então, acaba ficando com a perna direita presa, aparentemente ferida por um vergalhão, e pede por socorro.

De forma nada delicada, dois policiais se aproximam da cena e, diante dos apelos da mulher - ?Chama o André?, ?Andréééé? - pedem que ela pare de gritar entes de iniciar o socorro. Logo depois, outros oficiais chegam ao local e, com uma escada, conseguem desprender a jovem. São, no total, oito minutos de desespero e, durante a gravação, um detalhe chama a atenção: o cinegrafista amador assiste à cena passivamente e não faz nada para ajudar no socorro. As imagens, postadas no YouTube, aparecem, ainda, com intervenções agressivas como: ?Olha a mulher ?mamada? tentando invadir um prédio residencial?.

O vídeo acaba com a "invasora" sendo levada por uma ambulância. Em tempo: apesar dos apelos, o André não aparece para devolver as ?coisas? da mulher...

Em 2009, um vídeo semelhante se espalhou como um vírus na web. "Pedro, cadê o meu chip?", como passou a ser chamado, mostrava uma mulher, na frente do prédio do ex-namorado, gritando sem parar, durante a madrugada. Ela exigia que Pedro devolvesse... o seu chip. Depois de se tornar "famoso", o rapaz do Espírito Santo explicou que o equipamento eleltrônico havia sido emprestado pela namorada, que o tomou de volta após o término do relacionamento.

Fonte: Extra