Mulher que sobreviveu ao ser baleada em restaurante foi vítima do namorado

Inconformado com fim do relacionamento, homem tentou matar jovem em plena luz do dia

A mulher baleada dentro de um restaurante no centro de São Paulo foi vítima do ex-namorado, segundo a Polícia. Ketelin Regina Rufino Alves, de 21 anos, foi atacada por Glacio Ferreira dos Santos, de 27, dentro do restaurante em que os dois trabalham, na República.


Mulher que sobreviveu ao baleada em restaurante foi vítima de ex-namorado

Santos invadiu o local por volta das 7h, quando ela ainda estava trabalhando, e baleou a jovem em plena luz do dia.

Segundo testemunhas, o suspeito disparou diversas vezes. Ketelin foi atingida por dois tiros, no tórax e nas costas, mas sobreviveu ao atentado.

Após balear a jovem, Santos fugiu. No entanto, a PM conseguiu localizar o suspeito em sua casa e ele confessou o crime. O plano de Santos era fugir para Alagoas.

De acordo com outros funcionários do restaurante, os dois teriam se envolvido durante três meses, mas Ketelin terminou o namoro. No entanto, a família da jovem afirma que ela é casada e que o crime foi motivado porque Santos foi rejeitado pela jovem.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher e Santos vai ser indiciado por tentativa de homicídio. Para os policias, o suspeito disse que trocou um celular pela arma do crime em um ponto de drogas.

Ketelin está internada na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Seu estado de saúde é estável e ela não corre risco de morte. Não há previsão de alta.

Fonte: r7