Mulher quer processar Wal-Mart após ser expulsa por usar biquíni

A rede de lojas, contudo, afirma que a cliente discutiu com outras pessoas no estabelecimento.

Uma mulher de 51 anos quer processar o Wal-Mart após ter sido expulsa de uma filial da rede em Oregon, nos EUA, por estar usando apenas shorts e a parte de cima de um biquíni como vestimenta enquanto tentava comprar salgadinhos e café. Sandy McMillin disse que ficou horrorizada após ter sido convidada a se retirar do estabelecimento, segundo informações do Daily Mail.

A rede de lojas, contudo, afirma que a cliente discutiu com outras pessoas no estabelecimento e agrediu verbalmente funcionários da loja. O Wal-Mart disse que não irá disponibilizar os vídeos de segurança da loja para esclarecer o evento.

Fonte: Terra