Mulher rouba recém-nascido após sofrer aborto espontâneo

A mulher foi presa em casa com a criança

Uma mulher foi presa na Tailândia, após roubar um recém-nascido de um hospital da cidade. Suneeporn Sakda, 34 anos, teve um aborto espontâneo e decidiu pegar o bebê de outra pessoa, pois tinha prometido para o marido um filho.

Segundo as investigações, Suneeporn começou uma amizade com a mãe da criança na maternidade do hospital e seguiu a família até a casa deles após terem alta. No dia seguinte, foi até a residência e disse ao casal que menino precisava tomar uma vacina urgente. O pai chamou um táxi e os três seguiram para o local.

Ao chegarem no hospital, o pai pediu para que ela segurasse a criança enquanto pagava o táxi. Neste momento, Suneeporn roubou o bebê. Após chamada, a polícia seguiu uma pista e a encontrou em casa. A mulher dizia que o filho era dela, mas não teve como explicar a ausência de uma certidão de nascimento.

Mulher rouba recém-nascido de hospital após sofrer aborto espontâneo
Mulher rouba recém-nascido de hospital após sofrer aborto espontâneo


Fonte: Com informações do Metropoles
logomarca do portal meionorte..com