Cidades discutem estruturação de farmácias no PI

Cidades discutem estruturação de farmácias no PI

Municípios discutem estruturação de farmácias de medicamentos excepcionais

Onze municípios piauienses serão contemplados com implantação de farmácias de medicamentos excepcionais, distribuídas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A determinação é do Ministério da Saúde, que já encaminhou os recursos. Visando uma melhor utilização da verba, técnicos do Ministério da Saúde realizaram uma oficina com representantes das 11 cidades, na manhã desta quinta-feira (01).

O encontro aconteceu no auditório do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), localizado na zona Norte de Teresina. De acordo com a coordenadora estadual de Assistência Farmacêutica, Natalya Aires, essa medida é fruto de uma auditoria realizada pelo Dnasus, na qual apontou um mau armazenamento e cuidado dos medicamentos nos municípios. ?A inspeção aconteceu em todos os municípios do país, de imediato, 403 municípios serão contemplados com a implantação da farmácia, sendo que desses, onze são no Piauí? explica.

Os recursos, orçados em 11 mil reais, são destinados à estrutura física, contratação de pessoal, compra de equipamentos e aparelhos eletrônicos como condicionadores de ar e computadores. O farmacêutico responsável pela distribuição de medicamento na região de Manoel Emídio, Rafael Veloso, comenta que a implantação dessas farmácias servirá para melhorar a vida útil do medicamento e oferecer melhor condição de trabalho. ?A farmácia funciona em uma sala que abrange mais dois setores. Com a compra de um aparelho de ar condicionado e mais um computador, os trabalhos serão otimizados e os medicamentos melhor armazenados? declara.

Além de Manoel Emídio, localizado a 347 quilômetros da capital Teresina, os municípios contemplados nessa etapa são: Assunção do Piauí, Buriti dos Montes, Caracol, Cristalândia do Piauí, Currais, Guaribas, Julio Borges, Jurema, Pau D?arco do Piauí e Redenção do Gurguéia.

A coordenadora Natalya Aires acrescenta que a proposta do Ministério é expandir a implantação dessas farmácias para todos os municípios dos país. ?Essa etapa abrange os mais emergenciais, pois dessa vez a implantação se deu de forma decrescente. Mas, até o final do próximo ano, o Ministério da Saúde quer contar com essas farmácias equipadas em todo o país?, finaliza.

Fonte: Ascom