Municípios piauienses terão R$400 mil em combate a seca

Os recursos, segundo Arinaldo, serão destinados para construção de açudes, aguadas, contratação de carros-pipas, compra de ração animal e outras ações

Os municípios do Piauí em situação de emergência por causa da seca vão receber, cada um, R$ 400 mil como ajuda do goveno federal para amenizar situação desses muncípios no interior do Estado. A informação é do presidente da APPM, Arinaldo Leal, que esteve reunido junto a presidentes de associações de prefeitos municipais do Nordeste e o ministro da Integração Nacional Fernado Bezzera e representante da Defesa Civil Nacional, em Brasília.

Os recursos, segundo Arinaldo, serão destinados para construção de açudes, aguadas, contratação de carros-pipas, compra de ração animal e outras ações nos municípios da região Nordeste onde a situação é mais grave.

Os prefeitos se mobilizaram para pedir as ações imediatas e sem burocracia. Participaram da reunião representantes de sete Estados ? Bahia, Pernambuco, Paraíba, Piauí, Sergipe, Alagoas e Rio Grande do Norte. Foi entregue uma pauta com os pedidos de ações urgentes e estruturais.

O presidente da APPM, Arinaldo Leal, acompanhou a reunião preliminar onde os gestores apresentaram as dificuldades e, após depoimentos, formularam uma pauta única de reivindicações.

Os pedidos entregues ao governo federal são: a destinação de recursos por meio de um cartão onde o prefeito possa contratar serviços urgentes; verba para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) modalidade SECA; prorrogação de programas como Garantia-Safra e Bolsa Estiagem; renegociação das dívidas municipais e a instalação de um gabinete para orientação durante crises.

Fernando Bezerra apresentou o balanço das medidas adotadas pelo governo até o momento. Também adiantou que as previsões climáticas não são favoráveis e que a chuva necessária para acabar com o problema não deve chegar tão cedo.

Segundo o ministro, os Ministérios da Integração, do Planejamento e da Fazenda se reuniram para apresentar uma proposta à presidente Dilma Rousseff. E ela deve anunciar ainda nesta semana ou na próxima as ações para ajudar os municípios.

Fonte: Raimundo Gomes