Músico baleado na cabeça na BA continua em estado grave

Perrone foi atingido por um tiro quando dirigia um Fiat Uno no Caminho das Árvores



O baterista da banda Estakazero, Paulo César Perrone de Souza Júnior, 32 anos, continua em estado grave, de acordo com boletim divulgado na manhã desta segunda-feira pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). O músico, baleado na cabeça na última terça-feira, está internado em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE).

Perrone foi atingido por um tiro quando dirigia um Fiat Uno no Caminho das Árvores. A polícia suspeita que ele tenha sido vítima do crime da "saidinha de banco". Um envelope bancário foi encontrado vazio no carro, o que reforça a hipótese.

Na quinta-feira, dois suspeitos do crime foram presos. De acordo com agentes da 34ª CP (Portão), responsável pela prisão, José Hilton Santos, 28 anos, e Fabrício Lemos dos Santos, 27 anos, foram detidos após assaltarem um correntista do banco Itaú em Lauro de Freitas. José Hilton tem uma cicatriz similar a que uma testemunha do crime contra Perrone diz ter visto no braço de um dos agressores do músico.

Fonte: Terra, www.terra.com.br