Mutirão celebra acordos de 90,2% dos processos no Piauí

Já está provado que a conciliação é o método mais proveitoso na hora do acerto de dívidas e pendências.

Já está provado que a conciliação é o método mais proveitoso na hora do acerto de dívidas e pendências. E é pelo último balanço do mutirão de conciliação de processos do Construcard, linha de créditos para a compra de materiais da Caixa Econômica, que podemos confirmar isso.

O último mutirão de conciliação desses processos realizados no começo deste mês na Justiça Federal do Piauí, celebrou acordo em 90,2% dos processos e ultrapassou R$ 1.600.000 em dívidas negociadas.

Ademais de outros fatores, esses resultados só explicam o quão proveitoso tem sido a consolidação da cultura de conciliação do Estado. ?Muitos mais do que os dados, o resultado positivo mostra que muitos dos processos que foram negociados neste mutirão podem ser resolvidos de maneira mais ágil e eficaz sem nenhuma burocracia?, acrescenta Lucas Aragão, coordenador do núcleo de conciliação da Seção Judiciária do Piauí.

Ainda segundo Lucas Aragão, a cada dia a conciliação tem evoluído na sociedade. Ele esclarece que além dos resultados expressivos, essa cultura constrói diálogos satisfatórios entre as partes envolvidas no caso. ?Com a dinâmica de processos que já adquirimos, pode-se aguardar só avanços quanto a essa forma de negociação?, esclarece o coordenador.

Por acreditar nessa dinâmica, o órgão ainda promete a realização de um próximo mutirão ainda para este ano. De acordo com o coordenador, o evento deve se realizar em novembro, porém sem data e assuntos definidos ainda.

O mutirão foi pensado para essa data por conta da semana da conciliação, que contará com estudos e palestras sobre o assunto nesse período.

Fonte: Thauana Cavalcante