Navio com mais de 200 passageiros naufraga nas águas de Sumatra

Segundo a polícia local, pelo menos 232 pessoas foram salvas

Equipes de resgate da Indonésia conseguiram resgatar com vida a maioria dos passageiros que ficaram no mar após o naufrágio de uma embarcação que carregava ao menos 200 pessoas nas águas de Sumatra. Segundo a agência de notícias Associated Press, 232 pessoas foram retiradas com vida e nove pessoas morreram. Já a agência France Presse fala em 21 mortos. O número de passageiros que havia no navio é incerto e, segundo autoridades, ainda há desaparecidos.

O "Dumai Express 10" ia de Batam, próximo à Cingapura, para Dumai, na província de Riau, quando encontrou um temporal e fortes ondas. 

Segundo a agência de notícias Reuters, que cita quatro mortos, a balsa navegava com excesso de passageiros. A agência cita o Ministério dos Transportes, que teria informado em Jacarta que o ferry, com capacidade para 273 pessoas, tinha 213 pessoas registradas como passageiros. Mas Sunaryo, funcionário do ministério, afirmou que 292 pessoas sobreviveram ao acidente. "A disparidade entre o número de pessoas registradas e a realidade é grande, é um caso clássico de descumprimento das regras", afirmou Sunaryo.

Na mesma região, outra balsa, o "Dumai Express 15" com 278 pessoas a bordo, encalhou após ser atingida por fortes ondas, informou o porta-voz da polícia de Riau, Yasin Kosasih. Segundo ele, todas as pessoas sobreviveram. 

Os indonésios usam muito o serviço de "ferry" para se locomover entre as ilhas.

Fonte: g1, www.g1.com.br