Nissan do Brasil será inaugurada dia 15, diz presidente da marca

A previsão de produção inicial em Resende é de 80 mil carros, atingindo o ápice de 200 mil veículos em 2016

O anúncio prévio realizado pelo governador Sérgio Cabral (PMDB) em visita à região dando conta da inauguração da montadora Nissan do Brasil, no dia 15 de abril, em Resende, foi confirmado pelo presidente da Nissan do Brasil, François Dossa. Em entrevista à revista AutoData, o presidente anunciou ainda que após a inauguração da fábrica, situada no pólo industrial da cidade, a montadora pretende iniciar a comercialização do modelo March. A meta da fabricante japonesa é disputar o mercado nacional com montadoras como Toyota e Honda.

A previsão de produção inicial em Resende é de 80 mil carros, atingindo o ápice de 200 mil veículos em 2016. No ano das Olimpíadas no Rio, onde é patrocinadora oficial, a montadora pretende já ter consolidado 5% do mercado nacional. Além do March, o sedã Versa deve ser nacionalizado até outubro, além da perspectiva de importação do Sentra (mexicano) e Altima (americano). O March nacional será semelhante aos modelos produzidos no México e na Europa, sendo mais robusto e de início competindo com o recém-lançado Up!, da Volkswagen.

Em março, durante a inauguração da IBR-LAM, fábrica de laminados de cobre da Ibrame, em Itatiaia, o governador comentou o desenvolvimento industrial das Agulhas Negras e a inauguração da Nissan.

?Investimos na economia do estado das regiões norte a sul, e os resultados surgem como a IBR-LAM, em Itatiaia. A região cresce, dia 15 de abril teremos a inauguração da Nissan, em Resende e, em junho, começam as obras da Land Rover, em Itatiaia.?, comentou Cabral.

MOTORES

O Complexo Industrial da Nissan em Resende terá uma Fábrica de Motores com capacidade para produzir até 200 mil motores por ano. A produção local de motores torna o projeto do Complexo Industrial um polo completo. Com um total de investimentos de R$ 2,6 bilhões (US$ 1,5 bilhão) a unidade industrial será uma das mais sustentáveis da Nissan no mundo. A Nissan vai investir R$ 140 milhões na construção da Fábrica de Motores, que deve gerar cerca de 200 empregos diretos. A unidade industrial ficará em um prédio, já existente, ao lado da Fábrica de Veículos e começará suas atividades com a produção do motor de quatro cilindros em linha, 1.6 16V flexfuel, de 111 cv de potência e 15,2 kgfm de torque ? quando abastecido com etanol ?, um dos mais eficientes do mercado brasileiro.

?A Fábrica de Motores de Resende é um pilar importante para reforçar nossa presença no Brasil e mais uma prova de nossa confiança no potencial do mercado brasileiro. Ela complementa o nosso Complexo Industrial brasileiro e aumenta nossa competitividade para atingirmos os objetivos de conquistar 5% de participação de mercado, sermos os primeiros japoneses em participação no Brasil e ainda sermos uma marca líder em qualidade no país em 2016?, afirmou o presidente da empresa.

Fonte: A Voz da Cidade