No inverno, nordestino faz fondue de bode

Cidades da região, com temperaturas abaixo de 12C, atraem turistas em busca de frio.

Sentado em frente à lareira para espantar o frio de 12C, um turista saboreia um fondue e toma vinho no restaurante da pousada. Ele não está em Campos do Jordão (SP), como se pode pensar, mas na pernambucana Triunfo (402 km de Recife). O fondue, aliás, é de carne de bode.

Triunfo é uma das cidades nordestinas que atraem visitantes em busca não de calor e praias, mas do frio. Em algumas cidades, a temperatura fica abaixo de 10C. Entre os atrativos estão festivais de música, visitas a engenhos de cana de açúcar (que fazem rapaduras e cachaças) e a culinária típica de inverno com toque regional. O fondue de bode, por exemplo, foi criado há quatro anos na pousada Baixa Verde, em Triunfo, e já virou atração turística.

"Por causa do frio da região -tem dia que chega a 12C- sempre tivemos fondue de queijo, de chocolate e de outras coisas. Daí pensei: Por que não usar o bode, que todo mundo cria aqui na região?", disse Pedro de Oliveira Júnior, dono da pousada. O clima frio do local está relacionado à altitude, de cerca de 1.000 metros. Outras cidades também aproveitam a altitude para atrair turistas em busca de frio.

Ao menos dez delas promovem festivais de inverno, com música e comidas típicas . Em Garanhuns (PE), por exemplo, o festival de inverno local atraiu milhares de pessoas neste mês.

Para promover o turismo no inverno, governos estaduais organizaram rotas turísticas na região serrana. Na Paraíba, o Caminhos do Frio tem festivais gastronômicos em seis cidades. Uma delas é Areia. Nos restaurantes locais, é possível conhecer a panqueca de rapadura e carne de bode flambada na cachaça.

Fonte: Folha.com