Nordeste é a região mais desejada pelos turistas brasileiros

O Maranhão terá novas ligações aéreas a partir de setembro.

O Nordeste é região mais desejada pelos brasileiros para viajar nos próximos seis meses, é o que revela pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Getulio Vargas. “O estudo também mostra que a maior parte dos turistas do Brasil pretendem viajar pelo Pais. O índice atingiu 73,3%, o maior registrado para o mês de julho nos últimos cinco anos”, destacou a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade.

De acordo com a Secretária, o cenário poderá ser de oportunidades para o setor turístico do Estado. “O Maranhão oferece ao turista inúmeras possibilidades, com atrativos para agradar todo o tipo de viajante. Temos destinos de Sol & Praia, o preferido dos brasileiros, mas também Cultura, e Ecoturismo & Aventura”, comentou a gestora.

O Governo do Maranhão tem investido em ações para aumentar o potencial turístico e alcançar resultados que reaquecem o fluxo de turistas no Estado. Segundo Delma, as ações da Secretaria de Turismo estão baseadas em três pilares: infraestrutura, serviços e divulgação. “O governo Flávio Dino tem o entendimento que não se pode trabalhar cada um desses temas de forma isolada, ou seja, é necessário buscar o desenvolvimento em conjunto. O turismo requer uma sinergia completa entre iniciativas pública e privada, para garantir constantes melhorias nos destinos e nos atrativos, nos equipamentos (hotel, bares, restaurantes, transporte, espaço para eventos) e nos serviços oferecidos ao turista”.

A retomada da Rota das Emoções, a reabertura do aeroporto de Carolina, com novos voos provenientes de Brasília, redução da alíquota de ICMS para aviação instituída pelo governador Flávio Dino. Essas são algumas medidas que têm ampliado gradativamente a malha aérea maranhense para melhorar a oferta de trechos em todo o estado. Hoje, o Maranhão tem em média de 370 operações de voos por semana que, associadas a ações articuladas nacional e internacionalmente pela Secretaria de Estado do Turismo, dão visibilidade aos pontos turísticos do Maranhão para que mais pessoas se interessem em conhecer o Estado. “Iniciamos uma agenda consistente de promoção dos destinos turísticos do Estado. Para se ter uma ideia, realizamos mais de 15 ações em 60 dias, com o objetivo de inserir o Maranhão no Mercado de Viagens. Além disso, estamos realizando constantes negociações com as companhias aéreas que já trazem resultado”, comentou Delma.

O Maranhão terá novas ligações aéreas a partir de setembro e outubro. A partir de setembro, serão dois novos voos para o Maranhão da Gol Linhas Aéreas: o primeiro ligará Teresina (PI) a São Luís (MA), com seis frequências semanais; e o segundo fará a ligação de Salvador (BA) e Recife (PE) a São Luís (MA), em quatro dias da semana. A companhia também aumentará a oferta de assentos nos trechos entre Brasília (DF) e Imperatriz (MA) a partir deste mês de agosto. Eles irão operar este trecho com um Boing 737-800, o que garantirá mais 280 lugares semanalmente.

No fim de julho, a presidência da Azul Linhas Aéreas anunciou a operação do voo entre Imperatriz e Belém, a partir de setembro. Os voos sairão de Belém às 9h, com chegada em Imperatriz às 10h20 e a saída de Imperatriz será às 10h45, chegando a Belém às 12h05. A Azul também terá novos voos entre São Luís e Imperatriz, a partir de outubro. “Este foi o segundo trecho que a companhia anunciou em menos de duas semanas e é resultado de negociação realizada pelo Governo do Maranhão, que por meio da Secretaria de Turismo, ofereceu subsídios técnicos para a tomada de decisão da Azul”, finalizou.


Image title

Image title

Image title

Fonte: Assessoria