Mulher fica com seios unidos após cirurgia plástica nos EUA

Mulher fica com seios unidos após cirurgia plástica nos EUA

Dinora Rodriguez, de 40 anos, ainda teve as pálpebras danificadas

A norte-americana Dinora Rodriguez, de 40 anos, descobriu que os seus seios haviam sido unidos, como se formassem uma única mama, após acordar de uma cirurgia plástica nos Estados Unidos.

A "união" foi feita sem a autorização da paciente. Durante a operação, Rodriguez também teve suas pálpebras alteradas e até hoje não consegue fechar os olhos direito. Novos médicos que estão cuidando de Rodriguez afirmam que não será possível reverter o dano causado à pele acima dos olhos. Ela vai precisar tomar remédios pelo resto da vida por conta do dano.

Quanto à região dos seios, o cirurgião que operou a mulher também fez cortes em nervos e músculos, deixando a moradora de Los Angeles, no estado norte-americano da Califórnia, com dores fortes nas costelas do peito.

Agora, a norte-americana não só vai permanecer com os seios unidos como também irá participar de uma campanha de alerta do Comitê de Cirurgia Plástica dos Estados Unidos sobre o perigo de passar por operações sem conhecer a competência do médico.

Nos Estados Unidos, é permitido que um médico atue na área de cirurgia plástica mesmo sem o consentimento do comitê.


Norte-americana fica com seios

Fonte: G1