Nos dois primeiros dias de setembro Piauí registrou 147 focos de incêndio

Cerca de 147 focos de incêndios foram registrados só nos doi primeiros dias de setembro

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (03) DO JORNAL MEIO NORTE.

O segundo semestre, quando o Piauí registra as temperaturas mais altas do ano, é marcado pelo alto número de queimadas. Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), só nos dois primeiros dias do mês de setembro o Estado já registrou 147 focos de incêndio. Só nos meses de julho, agosto e setembro foram registrados 3.584 focos de incêndio. No ano inteiro já foram 4.339 casos.

O levantamento feito pelo Instituto mostra que esses casos aumentam consideravelmente quando se inicia o segundo semestre do ano. Enquanto foram registradas 373 ocorrências no mês de junho, em julho esse número subiu para 1.177 e para 2.260, em agosto. Se levarmos em consideração o levantamento feito em anos anteriores, os meses de setembro e outubro são os que apresentam o maior número de casos.

Em Teresina, segundo dados do Corpo de Bombeiros, segue-se a tendência do restante do Estado e os números começam a crescer no mês de julho e seguem aumentando até o mês de novembro, quando são registradas as temperaturas mais altas na capital e no restante do Estado. Os Bombeiros registraram 76 casos no mês de julho, na capital e 121 em agosto. Os dados dos primeiros dias de setembro ainda não foram organizados.

 

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no facebook

Fonte: Pollyana Carvalho